Blog da Paty

Celulite na gravidez – como evitar?

O aparecimento da celulite na gravidez é muito comum, segundo os especialistas, é porque acontece muitas mudanças hormonais no corpo de toda mulher nessa faze.

O aparecimento da celulite na gravidez é muito comum, segundo os especialistas, é porque acontece muitas mudanças hormonais no corpo de toda mulher nessa faze. Essas transformações seriam, também, as responsáveis por alterações na pele, como o aparecimento de estrias e a retenção de líquidos.

O que causa a celulite na gravidez?

Os estrogênios, a progesterona e o hormônio, se produz com frequência no corpo da grávida, são substâncias que acompanham o processo e contribuem para a evolução do feto. No entanto, acabam sendo eles os causadores dessas celulite na gravidez, que não são muito agradáveis para as mulheres, mexendo muito com a autoestima.

Celulite na gravidez

Outro hormônio que pode também influenciar no aparecimento da celulite na gravidez é quando o bebe começa a crescer e a pele do corpo começa a esticar. Um dos conselhos médicos é que aumente o consumo de óleos e cremes sobre a pele, e também faça o uso com frequência de colágeno, sendo ele a substância responsável pra uma pele jovem e saudável, lembrando que o colágeno consumindo na gravidez não pode conter acido hialorônico.

Embora essas substâncias químicas do corpo influencie, é também preciso considerar o aumento de peso que toda gestante tem durante essa etapa, o que ajuda muito no aparecimento das celulite na gravidez, composto também por estrias e manchas sobre a pele.

Como se forma a celulite durante a gravidez?

A tão temida celulite ocorre no interior da pele, nas camadas profundas do corpo. Seu aparecimento é resultado da má irrigação de líquidos no organismo, que produz o acúmulo de células de gorduras e toxinas, com uma consequência mudança de volume na parte do corpo afetada. Em uma pesquisa recente feita por especialista, considera-se que aproximadamente 90% das mulheres sofrem de celulite na gravidez.

Diversas são as recomendações tanto para a prevenção como para o tratamento da celulite durante a gravidez. Em seguida, colocamos algumas rotinas pensadas especialmente para mulheres grávidas. Aconselha-se seguir as recomendações até a data do parto, pois não apresenta qualquer perigo para o bebê que esta a caminho.

Leia também:  Maca Peruana funciona? Veja tudo que você precisa saber

Alimentação durante a gravidez

A alimentação será sempre uma parte fundamental em qualquer tratamento contra a celulite durante a gravidez. É por isso que se deve prestar atenção ao que consome, isso serve tanto para quem quer prevenir ou tratar a celulite.

Em uma dieta que ajuda a acabar com a celulite na gravidez recomenda-se reduzir a ingestão de alimentos que contenham muito hidratos de carbono, sendo eles:

  • Aveia;
  • Açúcar;
  • Amendoim;
  • Chocolate;
  • Cereais integrais
  • Refrigerante / água com gás
  • Café

Em substituição a estes, podem ser ingeridos os seguintes alimentos, sempre com a devida supervisão de um especialista:

  • Frutas e vegetais em abundância.
  • Proteína animal, carne, peixe, frango, produtos lácteos.

Água e exercício físico

A ingestão de água deve ser de cerca de 2 a 3 litros por dia, além de alimentos ricos em água, como frutas frescas, sempre bebidas naturais, em vez de substâncias artificiais e bebidas com gás.

De modo igual, o exercício físico é de extrema importância, caminhar pode ser uma opção excelente, seguindo sempre os sinais e limites do corpo. Recomenda-se de uma caminhada de 45 minutos a uma hora, podendo ser suficiente, a fim de estimular uma correta circulação sanguínea, evitando a retenção de líquidos, e o consequente aparecimento da celulite na gravidez.

Outro conselho útil é o uso de roupas adequadas, que permitam que o corpo se sinta confortável. As roupas folgadinhas serão sempre mais recomendadas.

Massagens e compressas mornas

As massagens e compressas mornas são sempre indicadas para estimular a circulação sanguínea do corpo, podendo usar um creme de sua preferencia ou até mesmo óleos corporais, passando em grande quantidade em toda parte do corpo. Evitando somente os cremes e óleos anticelulites, que são contra indicados para uso durante a gravidez.

Leia também:  10 REMÉDIOS NATURAIS PARA ELIMINAR A CELULITE

Tratamento estético

Finalmente, depois do parto, após três meses se não desaparecer as celulites a mãe pode procurar por tratamentos ou terapias anti-celulíticas, por não ser recomendadas durante a gestação por ser prejudicial ao bebê e até mesmo em alguns casos ser abortiva.

Conselho final

No caso de mulheres grávidas com excesso de peso, é indispensável a consulta com um especialista em nutrição, que defina as diretrizes para o desenvolvimento saudável do feto, e da alimentação da mãe. O consumo de gorduras é mais restrito para aqueles que se encontram nesta categoria.

Não encontrou o que busca?

Use o campo abaixo para fazer uma pesquisa.