Depressão pós-parto – Entenda o que é

Compartilhe!

A depressão pós-parto é mais comum do que você possa imaginar. A cada 100 mulheres que tiveram bebês, 10 desenvolvem a doença. Os sintomas são iguais a de uma depressão comum, ansiedade, falta de energia, mudanças nos horários do sono e da alimentação.

A depressão deve ser tratada como qualquer outra doença, com uso de medicamentos e terapia, quando ela se desenvolve após a mulher dar à luz, não é uma opção da mulher e muito menos, que ela não quer a criança.

depressão pós-parto

depressão pós-parto

O Que é a Depressão pós-parto?

A depressão pós-parto é mais do que um simples período de sofrimento e tristeza. No começo da gestação ela pode ser confundida com o blues puerperal, porém a diferença é que esse efeito passa após duas semanas do parto, já a depressão, não.

Tudo o que ela imaginou antes de ganhar o bebe, pode perder completamente a graça. Ela deixa de gostar de certas situações. E tarefas que antes eram prazerosas de serem executadas, agora se tornam monótonas e não despertam mais interesse.

Logo quando a depressão é detectada, é importante que se dê início a um tratamento, pois sem ele, a depressão pode durar meses, e até mesmo anos. Então é essencial que não só ela fique atenta, mas também o parceiro e os familiares.

Como identificar uma Depressão pós-parto?

Por mais que cada mulher apresente um sintoma diferente, aqui vai uma lista com os principais sintomas da depressão pós-parto:

  • Tristeza constante, principalmente de manhã e de noite.
  • Pessimismo, como se nada mais vai dar certo.
  • Falta de paciência, e muita irritação.
  • Muito emotiva, chorando o tempo todo
  • Cansaço excessivo, mesmo quando consegue descansar
  • Mau humor frequente
  • Sensação de incapacidade
  • Preocupação excessiva do bebê, em relação a sua saúde e seu desenvolvimento.
  • Assim como a preocupação com sua própria saúde
  • Dificuldade para se concentrar
  • Sensação que o bebê não é seu filho, como se fosse um estranho
  • Pensamentos negativos com você mesma e o bebê
  • E vontade de sumir

Se você é mãe ao ler esses sintomas, você logo vai se identificar, mas calma, isso realmente é comum em dias esporádicos, mas quando se trata da depressão pós-parto isso ocorre todos os dias.

Conclusão

É muito importante que essa doença seja tratada com urgência, ela pode gerar alucinações e fazer com que a mãe acha de forma violenta.

Então se você perceber qualquer coisa, como os sintomas relatados acima, procure um médico imediatamente.

 

Summary
Review Date
Reviewed Item
Entenda o que é Depressão pós-parto
Author Rating
51star1star1star1star1star
Compartilhe!

Add Comment

barra g1
¤