As Meninas estão amando! ==> QuitoPlan | Colastrina | LineShake | Conutherm | Detophyll | Thermatcha | Tesão de Vaca

Alimentos com complexo B: Informações sobre eles

Compartilhe!

Os alimentos com complexo B estão composto por 8 vitaminas, as quais têm a característica de serem solúveis em água e jogar um papel importante no metabolismo celular. No passado pensava-se que a vitamina B era uma só, mas investigações posteriores, se descobriu que são 8 vitaminas, com diferentes compostos quimicamente e que, muitas vezes, coexistem os alimentos.

alimentos com complexo b

Os alimentos ricos em complexo b, geralmente coexistem e fazem parte de vitaminas B


Vitamina B1 (tiamina)


A tiamina ajuda a promover o processamento dos hidratos de carbono, gorduras e álcool, é por isso que se você sofre de uma deficiência de vitamina B1 não será capaz de processar os carboidratos ou gorduras, além de desenvolver diversas doenças, como problemas cardíacos e neurológicos. Se você é das pessoas que você abusar do álcool pode ter uma deficiência de tiamina.


Os alimentos com complexo B1 são:



  • Os pães e cereais fortificados.

  • Carne de porco.

  • Leguminosas (ervilhas e feijão).

Se você ingere mais de 3 gr de tiamina por dia, você pode sentir sintomas como dores de cabeça, insônia, fraqueza e problemas de pele.


Vitamina B2 (riboflavina)


A riboflavina tem como função principal metabolizar as gorduras, proteínas e carboidratos em energia. Os alimentos com complexo B2 mais conhecidos são:



  • Os produtos lácteos,

  • Carne,

  • Peixe,

  • Espargos,

  • Brócolis,

  • Frango,

  • Espinafre,

  • Cereais fortificados com vitamina B2.

Uma deficiência de riboflavina pode causar problemas na pele, especialmente em sua boca e seus arredores. Não há evidência concreta de que a vitamina b2 ter efeitos tóxicos no corpo, é mais seu consumo em grandes doses chega a ser benéfico.


Vitamina B6 (piridoxina)


A piridoxina é uma vitamina essencial para o metabolismo das proteínas e hemoglobina. A quantidade de alimentos com vitamina B6 que devemos consumir por dia, irá depender do número de proteínas que ingerimos. Uma deficiência de pirodoxina pode causar problemas na pele (especialmente em torno da boca) e neurológicos, mas esses casos são pouco freqüentes em indivíduos saudáveis.


As bactérias intestinais são produtoras de pirodoxina e parte dela é absorvida através da parede intestinal. Os alimentos com vitamina B6 são:



  • Frango,

  • Peixe,

  • Porco,

  • Ovos,

  • Aveia,

  • Amendoim

Os suplementos com pirodoxina são usados para tratar sintomas pré-menstruais, mas não existe nenhuma prova conclusiva que demonstre seus efeitos benéficos.


Vitamina B12 (cobalamina)


A cobalamina se envolve na produção de células vermelhas no sangue. Os alimentos do complexo b12 são todos os derivados de produtos de origem animal (incluindo os produtos lácteos), é por isso que os vegetarianos precisam consumir suplementos para compensar o baixo nível desta vitamina em sua dieta.


Para utilizar a vitamina B12, o estômago tem de produzir uma substância chamada fator intrínseco, é por isso que uma baixa produção desta substância pode causar uma deficiência de vitamina B12, a desenvolver uma anemia perniciosa. Não existe evidência a indicar que o consumo de vitamina B12 em altas doses é prejudicial.


Vitamina B9 (ácido fólico)


Ter uma deficiência de ácido fólico pode causar uma anemia megaloblástica, uma doença muito rara que se caracteriza pelo aumento indiscriminado de células vermelhas no sangue. Os alimentos ricos em complexo b9 são:



  • Fígado,

  • Extrato de levedura e

  • Legumes e plantas verdes.

O consumo de ácido fólico é especialmente importante para as mulheres que desejam engravidar e passam para os três primeiros meses de gravidez, durante esta época, recomenda-se consumir 400 microgramas dessa substância por dia, já que diminui o risco de o bebé sofrer de tubo neural e espinha bífida.


Não existem provas de que o consumo elevado de folato seja perigoso, mas pode afetar a absorção de zinco e interferir com os testes utilizados para diagnosticar uma deficiência de vitamina B12. Não é necessário o consumo de ácido folico a menos que queira engravidar.


Vitamina B3 (niacina)


A niacina é responsável por metabolizar as gorduras do corpo e é necessário para manter a nossa pele em bom estado. Sofrer de uma deficiência de niacina é muito raro de ver em países desenvolvidos, mas é muito comum na contêm asiático e africano, onde é conhecida como pelagra, que pode chegar a ser fatal se não for tratada a tempo. Entre os alimentos com vitamina B3, podemos citar as carnes e cereais em pequenas quantidades. O excesso de niacina é eliminado através da urina, embora o seu consumo em doses muito altas podem causar um dano hepático.

Também lhe recomendamos que leia:Alimentos com biotina: Tudo o que você precisa saber sobre eles

Vitamina B5 (ácido pantoténico) e vitamina B7 (biotina)


O ácido pantoténico e biotina estão envolvidos no metabolismo das gorduras e dos hidratos de carbono e são encontrados em alimentos derivados de fontes animais, cereais e grãos. Não há recomendações para o consumo e não são tóxicos.



  • Importância do complexo B

Compartilhe!

Add Comment