DIETA LÍQUIDA – COMO FAZER E PERDER PESO RÁPIDO

É a dieta que substitui alguns ou todos os alimentos sólidos por alimentos na forma liquida ou pastosa com valor menor de calorias ingeridas, você já ouviu falar sobre a dieta liquida? Leia esse artigo completo sobre a dieta líquida que vamos te  mostrar tudo, você vai aprender como fazer e perder peso rápido com essa dieta.

dieta liquida

DIETA LIQUIDA RESTRITA

É um passo entre uma dieta líquida clara e uma dieta regular. Pessoas podem necessitar fazê-la após certos procedimentos cirúrgicos, ter problemas renais, insuficiência cardíaca ou por terem problemas para engolir e mastigar.

Ela limita a quantidade de líquidos que você pode consumir diariamente, evitando acumulo O fluido varia devido à fatores, como o peso e as condições de saúde.

Alimentos e bebidas que são limitados: gelo, gelatina, sorvete, iogurte, sopas, molhos, frutas com grande quantidade de liquido, sorvete, iogurte, gelatina, pudim, sopas, molhos, água, néctares, manteiga, margarina, óleo, creme de leite, sorvetes, picolés, purês, papinhas, gelatina, caldo de sopa, refrigerantes zero ou light, gelatina, chá, leite, soja ou leite de amêndoa, queijo derretido, mel, sopa de creme, gelatina e frutas aquosas. A ingestão dos líquidos deve ser registrada e o peso deve ser medido todos os dias. É importante praticar exercícios físicos (não intensos) diariamente.

dieta liquida

CARDÁPIOS

Cardápio 1:

Café da manhã: 1 copo de suco de fruta, 1 xícara de cereal cozido, 1 copo de água ou xícara de café.

Lanche manhã:1 xícara de purê de frutas, 1 xícara de chá.

Almoço:1 xícara de purê de legumes, 1 copo de leite de soja ou leite, 1 xícara de caldo de frango ou de legumes.

Lanche da tarde:1 xícara de sorvete, 1 copo de água.

Jantar:1 xícara de purê de frutas, 1 xícara de sopa de creme, 1 copo de suco de fruta, 1 copo de água, 1 copo de leite de soja ou leite de vaca.

 

Cardápio 2

Café da manhã: 1 vitamina de banana, maçã e mamão com leite desnatado e 1 colher de linhaça.

Lanche manhã: 1 copo de iogurte desnatado.

Almoço: 1 sopa de legumes e verduras. Tomar até 2 pratos.

Lanche da tarde: 1 gelatina diet ou água de coco e 1 copo de iogurte natural com linhaça.

Jantar: mesma sopa do almoço.

Lanche da noite: 1 copo de leite desnatado com 2 colheres de aveia.

 

Cardápio 3

Café da manhã: 1 copo de suco de fruta, 1 tigela de gelatina, 1 xícara de chá.

Lanche: 1 copo de suco de fruta e uma tigela de gelatina;

Almoço: 1 copo de suco de fruta, 1 copo de água, 1 xícara de caldo e 1 tigela de gelatina.

Lanche: 1 picolé, 1 xícara de chá.

Jantar: 1 xícara de caldo, 1 tigela de gelatina, 1 copo de suco ou água, 1 xícara de chá.

O período dela não pode ser mais de uma semana. Não beba em excesso, pois pode levar à uma eliminação de líquidos em excesso. Beba mais de 2 litros de água por dia para manter a queima de gorduras contínua. Há diversos tipos de dieta restrita, mas a dieta deve se adequar ao seu gosto e necessidades:

DIETA DETOX DE ÁGUA

É um jejum terapêutico trazendo um descanso para os órgãos preservando o músculo perdendo peso e queimando gorduras.

DIETA DETOX DE LIMONADA

É um sistema de jejum líquido com limão misturado com água para limpar o corpo. Pode ser feita diariamente limpando e protegendo o organismo com a acidez.

DIETA DETOX DE SUCO

É a mais comum e mais fácil de fazer e pode-se utilizar qualquer tipo de suco. Possui diversos benefícios nutricionais melhorando a digestão com os nutrientes sendo melhor absorvido.

DIETA LÍQUIDA BARIÁTRICA

É feita na pós e pré operação bariátrica, deve ter as proteínas que o paciente precisa.

Possíveis efeitos colaterais: Inflamação do fígado, dor de cabeça, mau hálito, fadiga, baixa imunidade, queima de músculos, entre outros.

Os alimentos escolhidos dependerão da necessidade nutricional e fisiológico do organismo e devem proporcionar melhora na sua qualidade de vida. Dietas restritas hospitalares são padronizadas de acordo com a alimentação normal.

O QUE É DIETA LÍQUIDA BARIÁTRICA

Dieta líquida

É uma dieta restritiva e deve ser começada logo após a cirurgia bariátrica. O período é de no máximo 2 semanas. Os alimentos devem estar no estado liquido, serem consumidos de 2 em 2 horas em pequenas porções iguais de 50 ml ingeridas em intervalos de 3 em 3 minutos com calma, devagar e sem intervalos.

Os alimentos permitidos nessa dieta líquida são chás, suco de fruta e legumes naturais, bebida de soja, água de coco, caldos caseiros de carne, frango, peixe ou legumes. Mas também é importante beber água ao longo do dia, em pequenas quantidades, e tomar os suplementos prescritos pelo médico, para garantir a quantidade de vitaminas que o corpo necessita.

É importante um planejamento para acompanhar a dieta e diminuir as compras de mercado. As refeições devem ser cheias de proteínas e deve ter opções para possível substituição.

Alimentos: água natural e de coco, chás claros, suco de laranja lima e caldos bem aguados.

Todos os líquidos têm de ser coados e o uso de açúcar não é permitido.

DIETA LIQUIDA HOSPITALAR

São dietas que são feitas de acordo com as condições do organismo de pessoas que estão ou estarão internadas em hospitais. Ela deve fornecer aos pacientes todos os nutrientes que lhe são necessários.

Elas podem ser:

Dietas de Rotinas: Não necessitam de restrições ou modificações, pode haver mudança na consistência para a adaptação necessária as mudanças no corpo.

Dieta Livre ou Geral: Mantem o valor de nutrientes dos pacientes sem grandes riscos. São restrições específicasparapacientes que que conseguem mastigar e ter uma digestão normal.

Dieta Branda:Tem como objetivo de manter a as calorias e nutrientes ajudando a mastigação e digestão. É feitapara crianças e idosos.

Dieta Pastosa: A alimentação pode ser feita de forma mais fácil e é pastosa.

Dieta Líquida-Pastosa ou Pastosa Liquidificada: Diminui o esforço do intestino na digestão.

Dieta Líquida Completa: Hidrata e traz nutrientes para os tecidos e auxilia na mastigação e digestão.

Dieta Líquida Restrita: Hidrata e sacia a sede, ajuda a manter os rins funcionando.

Dieta Hipolipídica: É uma dieta que retirada gorduras, consome-se vegetais e leite desnatado.

Dieta Hipossódica: Consistência natural sem restrição de sódio em sua composição. É usada em pessoas que tem hipertensão, problemas renais.

Dieta Hipoglicídica:Consistência normal, é para pessoas com intolerância à glicose, obesidade e hipertrigliceridemia.

Dieta Hipoprotéica: Consistência normal, paratratamento de patologias.

Dieta HAS (Hipertensos):Ingestão de alimentos ricos em fibra e potássio e evitando os com sódio. 

Dieta DM (Diabéticos): Deve conter carboidratos, gorduras e proteínas em determinadas quantidades.

Dieta Nefropata (Insuficiência Renal): Pouco potássio para melhorar a função intestinal.

Dieta Hepatopata: Dieta normal melhorando a quantidade de substratos. 

Dieta Cardiopata: Dieta com carnes magras, legumes e verduras, ajudando a desentupir artérias.

DIETA LIQUIDA EMAGRECE

Ela é recomendada por muitos médicos para tratar infecções digestivas, processos pré-operatórios, pós-operatórios ou pré-exames. O fato de ser efetiva para a perda de peso, faz com que esse método seja muito utilizado por pessoas que querem emagrecer por motivos estéticos.

A consumo de líquidos que possuem alta quantidade de vitaminas e minerais que ajudam a desintoxicar o organismo, a acelerar o metabolismo tornando o intestino mais eficiente e a perda de peso desinchando o corpo. Com uma ingestão excessiva de líquidos ocorre uma redução de calorias.

Porém é necessário lembrar que os resultados podem não durar, pois com a diminuição de calorias o metabolismo funciona mais devagar para poupar a energia. Se ao fim da dieta não houver uma reeducação alimentar, a possibilidade de engordar e ganhar mais peso do que tinha antes. É preciso mudar a antiga forma de se alimentar por uma que seja mais vantajosa para o organismo.

A dieta líquida emagrece, mas é fundamental que você reflita sobre a sua saúde. Ela só deve ser usada como método de emergência por restringir vários alimentos. Não inicie sem a orientação de um médico. Um médico poderá criar os melhores cardápios alimentares seguindo os seus gostos e de acordo com o organismo. O ideal é não fazer dietas por conta própria para que não ocorra problemas para o corpo agora ou depois.

DIETA LIQUIDA PARA EMAGRECER

Dieta líquida

Na dieta liquida é necessário substituir durante determinado tempo alimentos sólidos por sopas, vitaminas de frutas, iogurtes, sucos detox ou chás. Todas as calorias ou a maioria delas é obtida por meio do consumo desses líquidos. Durante essa dieta é importante que na troca o cardápio tenha alimentos agradáveis para quem irá consumir.

Para aqueles que querem emagrecer utilizando esse método, tem que criar um plano alimentar. Existem os que trocam parte das refeições e os que trocam todos os alimentos que serão consumidos durante todo dia por líquidos. Sendo que, o valor de calorias que devem ser digeridos pelas pessoas por dia é de 2000 calorias, a dieta dos líquidos pode abaixar para 1350 a 1500, mas sempre observando que os líquidos devem conter boas taxas de sais minerais e vitaminas.

Os sucos são quase sempre incluídos nessa dieta pelo seu grande poder de desintoxicação no organismo. São refrescantes e agradáveis proporcionando maior energia e vigor. Existem sucos que são consumidos buscando determinado objetivo como eliminar a celulite, moderar o apetite, trazer mais energia, etc. Sopas devem ser feitas com verduras e legumes de acordo com o gosto de cada um. O importante é variar os ingredientes para que o consumo diário não se torne cansativo e desestimulante.

VANTAGENS

Fornece uma hidratação adequada

Boa absorção de potássio e o sódio.

Diminui o trabalho do sistema digestivo.

Ajuda no antes e depois de uma cirurgia.

Melhora a textura da pele.

Melhora o sistema digestivo.

Desintoxica o organismo.

Melhora o raciocínio.

DESVANTAGENS

Não possui quantidade necessária de nutrientes.

Pode levar a desequilíbrio hormonal, metabolismo fraco, doenças e desnutrição.

Possíveis dores de cabeça.

Pode ter diarreia ou desidratação, se não beber água o suficiente.

Pode ter acne, sonolência e irritabilidade.

Você perde é líquido e não gordura.

Pode levar à um mal funcionamento do fígado e os rins.

CONTRAINDICAÇÕES

Gestantes, mulheres amamentando, diabéticos, hipertensos, problemas renais e anemia.

DIETA LIQUIDA PÓS BARIÁTRICA

Ela é feita para ajudar pessoas que sofrem com a obesidade. Ela é dividida em 3 fases: liquida, mais encorpada e pastosa. Nela são consideradas as mudanças sofridas pelo corpo, ajudando-o a se adaptar à um novo ritmo para o organismo. A dieta é feita seguindo devidamente as orientações de um nutricionista especialista.

1ª fase: Mínimo de 1 dia e máximo de 2 dias.

Ajuda a adaptação do corpo através de alimentos totalmente líquidos. Esses líquidos devem ser medidos entre 15ml aa 30 ml para que o consumo seja devagar. Alimenta-se com chás, sucos não ácidos e naturais, caldo de legumes ou carne e bastante água.

2ª fase: Dura de 2 a 4 semanas

A restrição se torna menor podendo consumir: vitamina, leite desnatado com água, caldo de legumes, mingau, sopas batidas, gelatina diet amolecida, iogurte desnatado. Deverão ser 2 l por dia dividido em 15 refeições.

Proibidos: alimentos doces, temperos industriais, bebida alcoólica, refrigerantes, sucos industrializados, bebidas que contenham cafeína, pimenta.

3ª fase: Mínimo de 2 a 4 semanas

Liberado o consumo de alimentos mais encorpados, pastosos para iniciar o organismo na nova forma de mastigar, digerir e absorver. São de 6 a 8 refeições por dia. Alimentação: carnes magras batidas, ovos moles batidos, legumes em forma de purê, vegetais cozidos ou assados ou batidos, macarrão, arroz batido, frutas macias, gelatina diet, iogurte desnatado.

Proibidos: alimentos integrais, alimentos crus, frutas duras, açúcar, alimentos industrializados, refrigerantes, bebidas alcoólicas, alimentos oleosos, frituras.

DIETA LIQUIDA PASTOSA

Essa dieta é de consistência mole e indicada para as pessoas após fazerem algum tipo de cirurgia digestiva, porque torna mais fácil a digestão para os intestinos. Pessoas que estão ou possuem alguma dificuldade para mastigar e/ou engolir alimentos.

O consumo é de cereais, frutas e legumes sem casca, ovo, peixe ou carne de aves transformados em purês ou liquidificados ou amassados: mingaus, purês, leite, iogurte batido, queijo derretido, ovos mexidos moles ou pochê, gelatina, sorvetes, geleia, mel, pudim, manteiga, creme de leite, azeite e óleo de coco.

Alimentos duros, crocantes e secos não são permitidos e a quantidade irá variar.

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr