DIETA CETOGÊNICA – CARDÁPIO, RECEITAS E ALIMENTOS

A dieta Cetogênica é uma baseada em uma alimentação com ingestão mínima de carboidratos e é rica em gordura, levando o corpo a um estado de cetose.

O que é estado de cetose?  É um estado metabólico no qual o organismo obtém energia não da glicose, mas sim de moléculas chamadas de corpos cetônicos. Os corpos cetônicos são produzidos pelo fígado nos períodos de restrições de alimento ou de carboidrato para serem usados como fonte de energia.Então, a cetose nada mais é do que um estado em que o organismo obtém energia de uma fonte diferente da glicose, diminuindo a sensação de fome.

Ela foi criada para o tratamento de epilepsia, mas com a criação de novos remédios direcionados a essa doença, essa dieta foi um pouco esquecida, entrando em desuso. Atualmente ela é usada para a perda de peso e em tratamentos de algumas doenças, como o câncer.

DIETA CETOGÊNICA O QUE É?

A dieta cetogênica é uma grande redução no consumo de carboidratos na alimentação, no lugar deve-se aumentar o consumo de boas gorduras, como as encontradas em alimentos como abacate, coco, sementes, creme de leite, azeite, amendoim, castanhas, nozes e amêndoas.  A quantidade de proteína aumenta até 30% da alimentação, sendo necessário comer carne, frango ou peixe no almoço e no jantar, e ovos e queijos nos lanches.

Existem várias versões da dieta cetogênica:

Dieta Cetogênica Padrão (SKD): Ela é muito baixa em carboidratos, moderada em proteínas e rica em gorduras.

Dieta Cetogênica Cíclica (CKD): Ela possui períodos com carboidratos e com restrição de carboidratos.

Dieta cetogênica de alta proteína: Possui mais proteínas.

A dieta cetogênica é ótima para pessoas que estão acima do peso, ou que queiram melhorar o metabolismo. Mas não tão adequada para atletas ou quem quer ganhar músculos. É uma reeducação alimentar, priorizando os alimentos naturais e exercitar seu corpo e mente. É muito importante fazer exercícios físicos para ajudar a eliminar gorduras mais rápido, sem prejudicar a musculatura ou deixar o corpo flácido. O ideal é pensar junto com o médico o melhor exercício que se adeque a sua rotina e disposição. A perda de peso pode girar em torno de 4 a 5 quilos em 30 dias.

Após os primeiros 2 ou 3 meses pode voltar a comer carboidratos em momentos de excepcionais e retornar à dieta.

A dieta cetogênica pode levar a perda de músculo, mas a alta ingestão de proteínas e altos níveis de cetona ajudam a amenizar a perda muscular. Problemas com a digestão e diarreia pode ocorrer na primeira semana. Se continuar deve-se comer mais vegetais fibrosos.

A dieta cetogênica não se adapta para qualquer pessoa, deve ser prescrita por um nutricionista, com um acompanhamento para prevenir problemas de glicemia e aumento no colesterol. Além disso a pessoa pode apresentar intolerância ou alergia sobre determinado alimento.

dieta cetogênica o que e

A dieta cetogênica é uma maneira eficaz de perder peso e reduzir fatores de risco em várias doenças. Uma das grandes vantagens é a não necessidade de contar calorias.

Ela torna o emagrecimento possível por aumentar a ingestão de proteínas e o nível das cetonas, mantendo os níveis de açúcar no sangue baixos e melhorando a sensibilidade à insulina. A perda de excesso de gordura e o controle nos níveis de glicose auxiliam no combate diabetes tipo 2, pré diabetes e síndrome metabólica.

BENEFÍCIOS DA DIETA CETOGÊNICA

Dieta cetogênica

Perda de peso mais fácil.

A gordura acumulada é utilizada como forma de energia

O corpo não queima as proteínas dos músculos

Reduz riscos para doenças cardíacas e diabetes.

Diminui os níveis de colesterol e pressão arterial.

Controla os níveis de insulina.

Diminui o apetite.

Aumenta o desempenho mental.

Usada para tratar pacientes com epilepsia.

Trazmelhorias para a pele.

Ajuda na prevenção e combate doenças cíclicas, diabetes 2, hipertrofia, autoimunes e Alzheimer.

Melhora os sintomas da doença de Parkinson.

Ajudar a reduzir a síndrome do ovário policístico.

Reduzir concussões e ajuda na recuperação após uma lesão cerebral.

CONTRAINDICAÇÕES

Para pessoas com mais de 65 anos, ou com histórico de insuficiência hepática ou renal, doenças cardiovasculares, AVC e pacientes em tratamento com medicamentos à base de cortisona, não é recomendada para os desportistas, pessoas com problemas em seguir um regime alimentar.

EFEITOS COLATERAIS

Falta de energia, dificuldade de concentração, sensação de fome, insônia, náuseas, problemas na digestão, diminuição de desempenho em atividades físicas, mau hálito ou gosto de metal na boca, dor de cabeça. Isso ocorre, porque nosso organismo está acostumado com uma alimentação cheia de carboidratos, mas quando o organismo se acostuma com a nova fonte de energia eles desaparecem.

Obs.: Existe a chamada gripe cetogênica que possui esse nome devido ao fato de seus sintomas serem parecidos com os da gripe.Para prevenir ou aliviar os sintomas deve-se beber água com sal e limão e reduzir gradualmente a ingestão de carboidratos.

No começo da dieta cetogênica ocorre perda deliquido, porque os carboidratos retêm água e sais no corpo. Se os sintomas estão acontecendo deve-se fazer o mesmo que foi indicado para sintomas da gripe.

DIETA CETOGÊNICA CARDÁPIO

CARDÁPIO 1

Café da manhã: omelete ou ovos cozidos ou mexidos, 1 copo de suco verde.

Lanche manhã: 10 morangos, 2 colheres de creme de leite.

Almoço: 200 g de frango, 20 castanhas de caju, salada de legumes com azeite.

Lanche da tarde: queijo coalho ou minas, 1 copo de chá verde.

Jantar: omelete ou ovos fritos, salada verde com azeite.

CARDÁPIO 2

Café da manhã: 1 copo de abacate com iogurte natural e chia.

Lanche da manhã: 10 morangos, 2 colheres de creme de leite.

Almoço: 2 postas de peixe assado com legumes e azeite com molho 4 queijos.

Lanche da tarde: 2 fatias de mamão, 1 colher de pasta de amendoim

Jantar: 200 g de frango com pele, 20 castanhas de caju, salada de legumes com azeite e gergelim.

CARDÁPIO 3

Café da manhã:

Lanche da manhã:

Almoço: 2 ovos mexidos com cogumelos e chia, 1 copo de chá verde

Lanche da tarde:

Jantar: 2 ovos fritos na manteiga, 1 fatia de queijo coalho ou minas

DIETA CETOGÊNICA ALIMENTOS

Diminui-se a digestão dos alimentos ricos em carboidratos e, em se lugar, aumenta o consumo de alimentos de gordura saudável. A redução de carboidratos leva o corpo a um nível metabólico chamado cetose, onde a gordura proporciona energia para corpo. O corpo se torna incrivelmente mais eficiente na queima de gordura, transforma gordura em cetonas no fígado, fornecendo também energia para o cérebro.

Uma das vantagens é a facilidade de manter a dieta mesmo comendo fora. Os restaurantes oferecem vários tipos de carne e pratos com peixe e, é só, unir com uma salada que possua bastante vegetais

DIETA CETOGÊNICA ALIMENTOS PERMITIDOS

Dieta cetogênica alimentos permitidos

OS ALIMENTOS PERMITIDOS SÃO:

Carnes com gordura, aves e peixes, ovos, embutidos, óleos saudáveis, azeites, queijos,creme de leite,manteiga, margarina, iogurtes sem açúcar, amendoim, castanhas, nozes, avelã, frutas,vegetais com poucos carboidratos, café ou chá com adoçante, refrigerantes e sucos diets, linhaça, chia, girassol, molhos de maionese, mostarda, produtos de coco, banha de porco, tomate, condimentos.

OS ALIMENTOS PROIBIDOS SÃO:

Arroz, milho, feijão, soja, massas, pães, frutas com muito teor de açúcar, doces de forma geral, alimentos industrializados, cereais, tubérculos ricos em carboidratos (batata, mandioca), legumes, milho, farinha de trigo, aveia, leite, iogurtes com açúcar, açúcar, mel, biscoitos, gordura não saudável, álcool.

DIETA CETOGÊNICA CÂNCER

A dieta cetogênica suprime as gorduras trans e as gorduras mais naturais e boas são consumidas. As gorduras trans prejudicam a saúde podendo modificar as células do corpo ou ativar doenças predisposta. As ideias de que a alimentação cetogênica possa ajudar no tratamento do câncer é, ainda, duvidosa. Pois há inúmeras fontes de glicose que não vem dos carboidratos, como a gordura e proteína, afinal, existem diabéticos que, mesmo sem comer açúcar, ainda tem taxa de açúcar alto no sangue.

Para seguir a dieta cetogênica possa ser indicada é preciso responder uma série de questões, como em quais tipos de câncer ela tem resultado positivo e qual o estágio do câncer, para saber se a dieta pode, verdadeiramente, impactar as células. Na teoria, o menor índice de glicemia impediria ou tornaria mais difícil para as células de câncer se multiplicarem ou de aumentarem de tamanho.

A glicose é a alimentação mais importante das células com câncer, particularmente nos tumores malignos. Existe a ideia de que quanto mais insulina houver circulando no corpo, maior a possibilidade de aumentar ou desenvolver mais células cancerosas.

A recomendação para quem tem câncer é uma dieta saudável, rica em proteína, baixo teor de gordura saturada e com alimentos integrais para um organismo mais saudável. Para quem tem câncer pode-se fazer uma restrição de carboidratos simples, que viram açúcar rapidamente na corrente sanguínea, mas não restrito a ponto de causar cetose.

Os estudos revelam que as dietas cetogênicas mostraram efeitos positivos, quando aliadas com rádio e quimioterapia. Não se pode afirmar, mas os resultados pré-clínicos demonstraram que pode ter uma possível eficácia seguindo essa dieta.

Porém, trata-se de uma dieta complexa e os estudos até o momento são inconclusivos devido à metodologia utilizada e amostras de tamanho limitado, mostrando-se, ainda, não comprovadamente segura e eficaz para o tratamento do paciente oncológico.

O indicado é que os pacientes tenham uma dieta com alimentos com baixo índice de glicemia. Isso tem como base a necessidade da alimentação saudável de uma forma geral.

DIETA CETOGÊNICA RECEITAS

RECEITA DE BOLO CETOGÊNICO

Essa receita é para aqueles que sentem falta de comer doces durante essa dieta.

INGREDIENTES

6 ovos, 150 ml de leite de coco, 6 colheres de cacau 100% e castanha ralada, 100g de coco ralado, 100g de manteiga, 1 colher de sopa de fermento e adoçante.

MODO DE FAZER

Bater os ovos, misturar todos ingredientes menos o fermento. Depois de bem misturados acrescente o fermento. Colocar em fogo baixo por 30 minutos. E é só esfriar e comer.

PÃO CETOGÊNICO

Essa receita é para a produção de seu próprio pão com menos carboidratos.

INGREDIENTES

1¼ xícaras de farinha de amêndoa, 5 colheres de sopa de pó de casca de psyllium, 2 colheres de chá de fermento em pó, 1 colher de chá de sal,2 colheres de chá de vinagre de cidra, 1 xícara de água fervente, 3 claras de ovos.

MODO DE FAZER

O forno deve ser pré-aquecido em 175º C. Misture os ingredientes secos em uma tigela. Colocar água para ferver com o vinagre e as claras, batendo com uma batedeira por cerca de 30 segundos. Não misture muito a massa. Molhe as mãos dando forma à massa, separando em 6 pedaços de pão. Coloque em uma assadeira untada e asse no forno por 50 a 60 minutos. Eles estarão prontos quando for possível ouvir um som oco ao tocar no pão.

DIETA CETOGÊNICA 30 DIAS

Na dieta cetogênica de 30 dias faz-se um plano alimentar com cardápios diários em que 75% da alimentação consiste de alimentos com gorduras boas, 20% de proteínas e 5% de carboidratos de baixo nível de glicose. Além de emagrecer rapidamente, esse plano alimentar promete prevenir e tratar inúmeras doenças, inclusive o câncer.

Quando essa dieta começa,o processo de perda de peso é iniciado com ele um aumento da massa muscularo metabolismo se esforça mais na queima de gorduras. Os nutricionistas indicam que a dieta cetogênica só deve ser feita até no máximo 30 dias, pois ela é muito rica em gordura e pobre em carboidrato.

A restrição de carboidratos e liberação de gorduras e proteínas não significa que se pode comer qualquer coisa. Nas refeições de todo dia é preciso ter em mente a porcentagem de carboidratos, proteínas e gorduras que se pode consumir dentro do plano alimentar. É possível perder até 8kg nesses 30 dias seguindo a dieta.

DIETA CETOGÊNICA PDF

Para quem busca receitas, dicas ou saber mais detalhadamente sobre como essa dieta reage e interage com o organismo, basta pesquisar na internet por documentos em pdf para encontrar alguns artigos científicos ou históricos sobre a dieta cetogênica e alguns para o auxílio nas estratégias de emagrecimento.

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr